Perfil do Estilo de Vida de Universitários de Educação Física da Cidade do Rio de Janeiro

Por: Juliana Brandão Pinto de Castro, Rafael da Silva Mattos, Rodrigo Gomes de Souza Vale e Rogério Santos de Aguiar.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.25 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Diversos hábitos adquiridos durante os anos cursados nas universidades permanecem incorporados ao cotidiano dos estudantes, mesmo após a conclusão do curso. O objetivo deste estudo é avaliar fatores específicos relacionados ao estilo de vida e à qualidade de vida em universitários de Educação Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). A amostra foi composta por 103 estudantes (22,16 ± 3,85 anos), 66,02% do sexo masculino e 33,98% do sexo feminino. Foi aplicado um questionário adaptado do Perfil do Estilo de Vida Individual, contendo oito componentes: alimentação, atividade física, autoimagem, relacionamentos, controle do estresse, finanças, comportamento preventivo e sono restaurador. Utilizou-se o teste de Spearman para analisar a associação entre os domínios do questionário (p < 0,05). A análise dos componentes revelou uma tendência de os jovens universitários apresentarem, ao iniciar a fase adulta, dificuldade em manter níveis ideais de sono restaurador (3,19 ± 2,02) e finanças (4,14 ± 2,15). O componente relacionamentos (7,49 ± 1,61) apresentou os melhores níveis. Verifica-se a necessidade de promover ações para conscientizar os estudantes quanto à importância da melhora da qualidade de vida e do estilo de vida, visando o bem-estar dos mesmos e o consequente aprimoramento na formação de um profissional habilitado para atuar na área de promoção de saúde.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/6234

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.