Perfil do Estilo de Vida dos Professores de Educação Física Aposentados no Vale do Itajaí-SC

Por: Juliana da Silva Brandão.

2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O propósito deste estudo foi investigar o perfil do estilo de vida dos professores de Educação Física aposentados no Vale do Itajaí. O estudo caracterizou-se como uma pesquisa descritiva, de caráter exploratório. A amostra foi constituída por 82 professores de Educação Física aposentados, (57 mulheres e 25 homens), com idade compreendida entre 46 e 85 anos de idade, pertencentes a 50 municípios do Vale do Itajaí. A coleta de dados foi realizada mediante o uso de questionário sócio-demográfico e da verificação do estilo de vida com aplicação do Pentáculo do Bem-estar (Nahas, Barros & Francalacci, 2000), relacionando cinco itens: nutrição, atividade física, comportamento preventivo, relacionamento social e controle do estresse. No tratamento estatístico utilizou-se a analise descritiva (distribuição em freqüência e percentagem) e medidas de associação do qui-quadrado (?²), utilizando-se do programa SPSS - versão 10 considerando o nível de significância de p<0,05. Pelas evidências e resultados relatados neste estudo, permitiu-se verificar que: os professores encontram-se aposentados, abaixo da idade em que usualmente os trabalhadores se aposentam pelo sistema previdenciário, haja vista a situação de serem professores. Para 72% das mulheres e 87,7% dos homens o processo da aposentadoria transcorreu por vontade própria, sendo que 44% dos homens e 61,4% das mulheres continuaram lecionando. A implantação de programas de pré-aposentadoria nas instituições escolares estaduais, municipais, particulares e universidades seriam de grande utilidade, a fim de preparar estes indivíduos para uma nova etapa das suas vidas. A principal razão da escolha pelo curso de Educação Física, foi o gosto pelos esportes, (54% feminino e 44% masculino). O amor à profissão e gostar do que faz (26,3% feminino e 22% masculino), foram destacadas como as principais características necessárias ao exercício da profissão. Quanto ao lazer do aposentado, a leitura, visitar os amigos, viajar e assistir jogos, são as atividades que os professores aposentados mais realizam. Referindo-se ao estilo de vida, envolvendo os cinco componentes do Pentáculo do Bem Estar, destacam-se: a qualidade da alimentação diária dos professores parece ser a mais recomendável, embora em número inferior ao desejado. Dos professores, 38,46% praticam regularmente atividade físicas, numa freqüência de cinco ou mais dias na semana, predominando a caminhada. Os professores aposentados apresentaram atitudes adequadas quanto ao comportamento preventivo, destacando-se negativamente o excesso de consumo de cigarro por parte das mulheres (54,39%). O envolvimento em trabalhos voluntários (48,72%) e a participação em clubes, associações e atividades esportivas (33,33%), resultaram em pouca adesão por parte dos professores de ambos os sexos. Com relação ao estresse, 66,67% dos professores demostraram reservar um tempo diário para relaxar, com exceção de obter o controle emocional durante as discussões, com apenas (33,3%). Neste contexto, recomenda-se algumas ações aos professores de Educação Física aposentados, no intuito de após a aposentadoria mantê-los inseridos na sociedade, pelo ingresso em cursos, atividades diversificadas, atualizações e outros programas oferecidos por várias instituições.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.