Perfil de Humor de Atletas Vencedores de Modalidades Individuais e Coletivas

Por: .

2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivo determinar o perfil de humor de atletas vencedores de modalidades individuais e coletivas. A partir de uma pesquisa descritiva, de campo do tipo correlacional transversal, participaram da pesquisa 824 atletas de alto nível, de modalidades individuais e coletivas em período competitivo. Os atletas responderam ao Questionário de caracterização geral de atletas de alto rendimento e a Escala de Humor de Brunel. Os dados foram tratados com estatística descritiva, através de através de média, mínimo, máximo, percentuais e desvio padrão. A estatística inferencial será realizada tendo como parâmetro o teste que mede a normalidade dos dados, (Kolmogorov-Smirnov). Também foi aplicada a análise de regressão logística para a predição dos estados de humor e o rendimento esportivo. Este trabalho é composto por três artigos de revisão de literatura e uma pesquisa qualitativa que investigou um atleta brasileiro medalhista olímpico, além do estudo piloto realizado com 62 velejadores brasileiros. Os resultados finais, contemplando todos os objetivos específicos da pesquisa são apresentados em dois artigos. A partir dos resultados ficam evidentes diferenças em quase todos os fatores de humor (tensão, depressão, vigor, fadiga e confusão) com exceção da raiva entre homens e mulheres. Após análise de regressão logística, considerando a primeira colocação como a variável desfecho, verificou-se que os fatores tensão, vigor e raiva estão significativamente associadas ao resultado da disputa. Com o aumento do vigor (OR= 0.92) e tensão (OR= 1.07) e diminuição da raiva (OR= 0.91) aumentam as chances de o atleta ser o vencedor na competição ao jogo. Existem diferenças nos estados de humor de atletas que competem em modalidades individuais, coletivas e de luta em todos os fatores de humor (Tensão p<0,00; Depressão p<0,01; Raiva p<0,02; Vigor p<0,00; Fadiga p<0,02; Confusão p<0,00). As variáveis, raiva (OR=1.12), tensão (OR=0.92) e vigor (OR=1.09) integraram o modelo final na análise de regressão para os fatores de humor. Essa pesquisa conclui que existem características distintas entre o perfil de humor de atletas em modalidades individuais, coletivas e esportes de luta. Essas diferenças se evidenciam ao controlar os resultados alcançados pelos atletas. A partir de análises estatísticas tendo como controle o sexo e tendo a primeira colocação como desfecho, fica claro que quando aumenta a raiva e o vigor, associados à diminuição da tensão, aumentam as chances do atleta ser vencedor. A partir disso é possível apresentar o perfil de humor para atletas brasileiros vencedores nas três características de modalidades (individuais, coletivos e esportes de luta), onde nas coletivas, a zona ideal de humor para o alto rendimento caracteriza-se por elevado vigor associado a baixos níveis de tensão, depressão, raiva, fadiga e confusão. Em modalidades individuais, elevado vigor associado a níveis moderados de tensão e raiva, associados a baixa depressão, fadiga e confusão. Já nas modalidades de luta, além, elevado vigor e tensão, associado a níveis moderados de raiva, baixa depressão fadiga e confusão. 

Endereço: http://www.tede.udesc.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.