Perfil Motor de Crianças com Transtorno do Neurodesenvolvimento: Tea e Tdah

Por: Cláudia Eliza Patrocínio de Oliveira, Elizângela Fernandes Ferreira Santos Diniz, Eveline Torres Pereira e Sulamita Melo Delazari.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

As habilidades motoras são importantes para um bom desempenho esportivo, além de possuir forte influência nas atividades diárias. Sendo assim, ao considerar que uma das características dos transtornos do neurodesenvolvimento é o déficit na motricidade, destaca-se a importância de identificar as reais dificuldades no padrão motor desses indivíduos, para elaborar programas de estimulação motora mais eficientes. Nesse sentido, o presente estudo buscou verificar o perfil motor de crianças com transtornos do neurodesenvolvimento, mais especificamente o transtorno do espectro autista e/ou transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. Para isso, aplicou-se a Escala de Desenvolvimento Motor (EDM), de Rosa Neto em oito crianças, com idade entre seis e 11 anos. Os dados coletados foram analisados mediante estatística descritiva. Os resultados indicaram que todos os participantes obtiveram uma idade motora negativa, sendo o melhor desempenho com idade de -1 e o pior -43, representando assim uma motricidade abaixo do esperado para a sua idade cronológica. Em relação ao desempenho motor geral dos participantes 50% foram classificados como muito inferior e 50% como inferior. Dessa forma, conclui-se que o perfil motor das crianças com o transtorno no neurodesenvolvimento avaliadas indicaram riscos para o desenvolvimento motor dos participantes ao longo da

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.