Perfil Nutricional e Uso de Recursos Ergogênicos em Trabalhadores de Academias da Cidade de Pelotas-rs

Por: Gesiane Dias Trindade Teixeira.

155 páginas. 2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Cada vez mais está em evidencia a busca por uma vida com hábitos mais saudáveis que incluam uma alimentação equilibrada aliada à prática de exercícios físicos regulares, tendo como motivação objetivos estéticos ou alcançar um patamar mais elevado de saúde e qualidade de vida (WORLD HEALTH ORGANIZATION, 2007). Entre os espaços destinados à prática de atividades físicas, as academias vêm ocupando cada vez mais espaço no contexto social (SILVA et al. 2008). Os (as) profissionais de educação física atuantes nestes espaços, via de regra, apresentam elevado gasto energético e para suportarem a carga de exercícios ou almejando por um corpo que se assemelhe ao padrão de beleza, utilizam com frequência suplementos ditos nutricionais e, eventualmente, substâncias farmacológicas. Desse modo, o estudo pretende determinar o perfil e estado nutricional, bem como o uso de recursos ergogênicos em todos os profissionais atuantes nas academias de Pelotas, RS. Será realizado um estudo descritivo de corte transversal com todos os profissionais atuantes nas academias da cidade. Será aplicado um questionário abordando questões demográficas (sexo, idade, cor da pele, situação conjugal), socioeconômicas (perfil socioeconômico, escolaridade), comportamentais (tabagismo, ingestão de álcool, nível de atividade física) e nutricionais (índice de massa corporal, marcadores de consumo alimentar, consumo de frutas e verduras), está incluído um recordatório alimentar de 24 horas. Será realizada análise estatística descritiva (cálculo de médias e desvio-padrão para as variáveis contínuas e cálculo de proporções para as variáveis categóricas).

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2013/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.