Perfil Psicomotor de Crianças Inseridas em Um Programa de Aprendizagem Esportiva

Por: Diogo Burgos.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Desenvolvimento motor refere-se às mudanças em padrões de
movimento que acontecem ao longo da vida. O desenvolvimento global infantil
abrange os aspectos físicos e psíquicos do indivíduo e depende das práticas
proporcionadas ao executante, ou seja, o alcance do domínio de habilidades
motoras mais complexas exige uma vasta gama de experiências motoras
propiciadas desde o nascimento do indivíduo. Objetivo: Partindo deste princípio,
este estudo procurou descrever o perfil do nível psicomotor de crianças inseridas
em um programa de aprendizagem esportiva, o basquetebol. Metodologia: Foi
utilizada a Bateria Psicomotora de FONSECA (1995) para a análise do nível
psicomotor, avaliando sete estruturas psicomotoras: tonicidade, equilíbrio,
lateralidade, noção corporal, estruturação espaço-temporal, praxia global e fina.
A amostra foi composta por 28 crianças entre 8 e 10 anos de idade, ambos os
gêneros, praticantes regulares da modalidade basquetebol , avaliados quando
iniciaram a prática do basquetebol e nove meses depois, enquanto alunos.
Resultados: Os resultados apontaram que ao ingressarem na prática regular do
basquetebol, as crianças analisadas apresentaram uma média geral no nível
psicomotor de 2,3 pontos e d.p.=0,56 (segundo o instrumento utilizado,
caracterizado como perfil psicomotor "normal"); 9 meses depois, em uma
segunda avaliação, esses mesmos indivíduos apresentaram média de 3,2 pontos
e d.p.=0,37 (agora caracterizados como perfil "bom"). Após a realização do
teste t-student (p<0,05), para análise estatística, observou-se uma diferença
significativa (0,02) entre as duas médias. Conclusão: Os resultados apontaram
aumentos nas médias de todas as estruturas psicomotoras avaliadas, resultando
um ganho significativo na média geral na comparação antes e depois. Pode-se
sugerir que a prática regular da modalidade em questão influenciou de modo
positivo o desenvolvimento psicomotor dessas crianças, concluindo que a rotina
de atividades hábil-motrizes, desde que metodologicamente bem estruturadas,
é uma aliada potencial ao amadurecimento psicomotor infantil.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/60_Anais_p213.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.