Perfil Sociodemográfico, Socioeconômico e Esportivo de Tenistas Infantojuvenis Brasileiros de Elite

Por: , Ana Luiza Goya, Danilo Reis Coimbra, Fabiano Souza Pereira, Guilherme Guimarães Bevilacqua, Julianne Fic Alves e Pedro de Orleans Casagrande.

Movimento - v.24 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O estudo objetivou descrever o perfil sociodemográfico, socioeconômico e esportivo de tenistas infantojuvenis brasileiros competitivos de elite. Participaram 130 tenistas, sendo 102  homens e 28 mulheres. A maioria dos tenistas é natural das Regiões Sudeste e Sul e houve um predomínio de tenistas treinando nessas regiões. A maioria dos tenistas pertence à classe socioeconômica A. Em média, os tenistas iniciaram no tênis aos oito anos e o início em competições de tênis foi aos 11 anos. Os tempos médios de prática e de prática competitiva dos tenistas foram de sete e quatro anos, respectivamente. Já foram finalistas em competição internacional 16% dos atletas e aproximadamente a metade já disputou finais em competições internacionais e nacionais. Concluiu-se que os tenistas investigados são oriundos das classes econômicas mais altas. Além disso, os tenistas apresentaram grande volume de treino e tempo de prática.

Endereço: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/74041

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.