Perspectiva Ecológica na Determinação de Percursos Desportivos Contrastantes em Jovens Futebolistas

Por: Carlos Eduardo Gonçalves, Fernando Cavichioli e Marcio Pinto Domingues.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.28 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Pretendeu-se examinar as influências contextuais e sócio-ambientais nas atitudes e comportamentos dos jovens na sua participação desportiva. Participaram 24 jovens jogadores de futebol de um Clube de Orientação Profissional (COP), divididos em quatro escalões dos sub 14 aos sub 17. Participaram em entrevistas de grupo sobre a sua participação desportiva, caracterização do contexto de prática e relações interpessoais. O clima de grupo, entre os pares, foi positivamente referido pelos jovens como importante. A procura de estatuto e reconhecimento, a par da aspiração ao profissionalismo foi referido como importante no trajeto desportivo. Os pais são importantes agentes na participação desportiva e a relação do jovem com o treinador mostrou-se influente no clima motivacional percepcionado pelos jovens. Os resultados determinam importantes ativos a ter em consideração na construção da estrutura de treino em jovens inseridos em clubes profissionais. A participação desportiva dos jovens atletas precisa ter em consideração o contexto de prática de forma a promover um desenvolvimento positivo.

PALAVRAS-CHAVE: Ecologia prática; Participação desportiva; Jovens atletas

Endereço: http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/84067/86900

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.