Perspectivas de Mudança nas Práticas Pedagógicas da Educação Física Escolar: Uma Análise dos Estudos Publicados nos Anais de Eventos Paulistas

Por: Aline Rodrigues Santos, Bruno Freitas Meireles, , Elisabete dos Santos Freire, Uirá de Siqueira Farias, Valdilene Aline Nogueira e Vinícius dos Santos Moreira.

Conexões - v.15 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo


O objetivo desse estudo foi compreender as características das práticas pedagógicas inovadoras na Educação Física Escolar, divulgadas em anais de eventos científicos realizados no Estado de São Paulo, no período entre 2005 e 2016. Dos 1348 trabalhos analisados, 451 descrevem investigações ou experiências educativas relacionadas com a inovação pedagógica. A diversificação dos temas tratados, a utilização de diferentes estratégias de ensino, o uso de recursos didáticos e de instrumentos de avaliação caracterizaram a inovação pedagógica nos trabalhos analisados. Percebe-se também a preocupação com a inclusão de todos os estudantes e com a sistematização de conteúdos. Portanto, identifica-se práticas pedagógicas com características inovadoras nos anais dos eventos analisados.

Referências:

ANDREANI, Fabiana; CASTRO, Lígia Estronioli; FERREIRA, Lilian Aparecida. Esportes com rede divisória nas aulas de Educação Física no Ensino Médio. In: CONGRESSO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, 5., Rio Claro, 2016. Anais... Rio Claro: UNESP, 2016. p. 27.

BETTI, Mauro; FERRAZ, Osvaldo Luiz; DANTAS, Luiz Eduardo Pinto Tourinho. Educação Física Escolar: estado da arte e direção futuras. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 25, n. especial, p. 105-115, 2011.

BETTI, Mauro; LIZ, Marlene Terezinha Facco. Educação Física Escolar: a perspectiva de alunas do ensino fundamental. Motriz, Rio Claro, v. 9, n. 3, p. 135-142, 2003.

BRACHT, Valter. Dilemas no cotidiano da educação física escolar: entre o desinvestimento e a inovação pedagógica. Salto para o Futuro, v. 21, n. 12, 2011.

BRACHT, Valter et al. A Educação Física Escolar como tema da produção do conhecimento dos periódicos da área no Brasil (1980-2010): parte I. Movimento, Porto Alegre, v. 17, n. 2, p. 11-34, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: educação física. Brasília, 1998.

CAPARROZ, Francisco Eduardo; BRACHT, Valter. O tempo e o lugar de uma didática da Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 28, n. 2, p. 21-37, 2007.

CHICATI, Karen Cristina. Motivação nas aulas de Educação Física no Ensino Médio. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 11, n. 1, p. 97-105, 2000.

CORREIA, Walter Roberto. Educação Física Escolar: desafiando a sua presumível imutabilidade. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 28, n. 4, p. 691-700, 2014.

DARIDO, Suraya Cristina. A Educação Física na escola e o processo de formação dos não praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 61-80, 2004.

FARIA, Bruno de Almeida et al. Inovação pedagógica na Educação Física. O que aprender com práticas pedagógicas bem sucedidas? Ágora para la Educación Física y el Deporte, v. 1, n. 12, p. 11-28, 2010.

FARIA, Bruno de Almeida; MACHADO, Thiago da Silva; BRACHT, Valter. A inovação e o desinvestimento pedagógico na Educação Física Escolar: uma leitura a partir da teoria do reconhecimento social. Motriz, Rio Claro, v. 18, n. 1, p. 120-129, 2012.

FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo; SILVA, Marlon André. Ensaiando o “novo” em Educação Física Escolar: a perspectiva de seus autores. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 33, n. 1, p. 119-134, 2011.

FERRETI, Celso João. A inovação na perspectiva pedagógica. In: GARCIA, Walter. Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 1995. p. 61-90

FILGUEIRAS, Isabel Porto et al. Concepções e preferências sobre as aulas de educação física escolar: uma análise da perspectiva discente. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 6, n. 3, p. 23-31, 2007.

GONZÁLEZ, Fernando Jaime. Atuação dos professores na Educação Física Escolar: entre o abandono do trabalho docente e a renovação pedagógica. In: SILVA, P. C. C. et al. Territorialidade e diversidade regional no Brasil e na América Latina: suas conexões com a educação física e com as ciências do esporte. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2016.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo André. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. Rio de Janeiro: E.P.U, 2015.

MACHADO, Thiago da Silva; BRACHT, Valter. O impacto do movimento renovador da Educação Física nas identidades docentes: uma leitura a partir da “teoria do reconhecimento” de Axel Honneth. Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 3, p. 849-860, 2016.

MALDONADO, Daniel Teixeira; SILVA, Sheila Aparecida Pereira dos Santos; MIRANDA, Maria Luiza de Jesus. Pesquisas sobre educação física no cotidiano da escola: o estado da arte. Movimento, Porto Alegre, v. 20, n. 4, p. 1373-1395, 2014.

MALDONADO, Daniel Teixeira et al. As dimensões conceituais e atitudinais dos conteúdos na educação física escolar. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 546-559, 2014.

MARTINS, Ana Beatriz Rizzotti; FREIRE, Elisabete dos Santos. O envolvimento dos alunos nas aulas de educação física: um estudo de caso. Pensar a Prática, Goiânia, v. 16, n. 3, p. 760-774, 2013.

MATOS, Juliana Cassani et al. A produção acadêmica sobre os conteúdos de ensino na Educação Física Escolar. Movimento, Porto Alegre, v. 19, n. 2, p. 123-148, 2013.

MILLEN NETO, Álvaro Rego et al. Evasão escolar e desinteresse dos alunos nas aulas de Educação Física. Pensar a Prática, Goiânia, v. 13, n. 2, p. 1-15, 2010.

NEIRA, Marcos Garcia. Alternativas existem! Análise da produção científica em dois periódicos brasileiros sobre a docência na Educação Física. Movimento, Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 241-257, 2012.

REZER, Ricardo. Relações entre conhecimento e prática pedagógica no campo da Educação Física: pontos de vista. Motrivivência, Florianópolis, v. 19, n. 28, p. 38-62, 2007.

SILVA, Antonio Jansen Fernandes et al. Implantando a corrida ecológica: relatando a experiência. In: CONGRESSO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, 5. Rio Claro, 2016. Anais... Rio Claro: UNESP, 2016. p. 50.

SILVA, Eduardo Vinícius Mota et al. Atletismo (ainda) não se aprende na escola? Revisitando artigos publicados em periódicos científicos da Educação Física nos últimos anos. Movimento, Porto Alegre, v. 21, n. 4, p. 1111-1122, 2015.

SILVA, Mauro Sérgio; BRACHT, Valter. Na pista de práticas e professores inovadores na Educação Física Escolar. Kinesis, Santa Maria, v. 30, n. 1, p. 80-94, 2012.

VIEIRA, Pollyane Barros de Albuquerque; FREIRE, Elisabete dos Santos; RODRIGUES, Graciele Massoli. O texto escrito como recurso didático nas aulas de educação física: perspectiva e experiência dos professores. Movimento, Porto Alegre, v. 21, n. 4, p. 929-944, 2015.

WIGGERS, Ingrid Dittrich et al. Um “raio x” da produção do conhecimento sobre educação física escolar: análise dos periódicos de 2006-2012. Movimento, Porto Alegre, v. 21, n. 3, p. 831-845, 2015.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8648529

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.