Perspectivas Para a Educação Física Escolar

Por: .

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.5 - n.1 - 1991

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO 
A Educação Física no primeiro e segundo graus proclama insistentemente seu papel educativo, mas seus professores não conseguem explicitar claramente os propósitos da disciplina. Quando buscam esta explicitação confundem seus objetivos com as próprias finalidades da educação enquanto um fenômeno mais amplo; por exemplo, o "desenvolvimento integral da personalidade". Ora, este é um objetivo geral, abstrato, alcançável a longo prazo e não observável diretamente (Faria Júnior, 1981), que deve ser perseguido por todos os envolvidos no ambiente escolar (direção, professores, funcionários, etc.), e será resultado da soma destes esforços. Pode-se colocar em dúvida se a nossa sociedade propicia as condições necessárias para promover aquele desenvolvimento, se o objetivo não é cínico Duma sociedade estruturalmente desigual e injusta. Contudo, esta questão será colocada à margem, pois o alvo prioritário deste artigo discutir a especificidade dos objetivos da Educação Física_ Parece-nos claro que a Matemática, a Geografia, etc. tem seus próprios objetivos mais ou menos delimitados, mas na Educação Física não se tem esta clareza, e ai surgem as querelas entre os teóricos que abordam o tema, O objetivo deste trabalho é expor o fulcro desta disputa, demonstrar que ela leva a um impasse teórico aparentemente intransponível e, a partir da introdução do conceito de cultura física propor uma solução teórica para a questão, com profundas implicações práticas. 

Endereço: http://www.revistas.usp.br/rpef/issue/view/10175

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.