Pesquisa em Educação Fisica : Determinações Historicas e Implicações Epistemologicas.

Por: Rossana Valéria de Souza e Silva.

1997 25/07/1997

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar, a partir das abordagens metodológicas, asimplicações epistemológicas das dissertações, desenvolvidas nos cursos de Mestrado em Educação Física e Esportes da USP, UFSM, UFRJ, Unicamp, UFRGS e UFMG, durante o período de 1988 a 1994, levando em consideração suas inter-relações com os determinantes sócio-econômico-políticos. Foram adotadas como categorias metodológicas centrais, a unidade entre o todo e as partes, e, principalmente, entre o lógico e o histórico. Partindo da análise das estruturas internas das abordagens metodológicas identificadas nos textos das dissertações: empírico-analítica (66, 22%), fenomenológico-hermenêutica (21,62%) e crítico-dialética (12,16%), a análise lógico-gnsiológica buscou-se indicar os principais elementos contidos nos níveis técnico, teórico e epistemológico, bem como os pressupostos gnosiológicos e ontológicos, explícitos ou implícitos nas pesquisas. Na perspectiva histórica, procurou-se demonstrar os nexos estabelecidos entre as determinações sócio-econômico-políticas e a produção científica dos mestrados. Concluiu-se que, a vertente empírico-analítica ainda é dominante na produção científica dos mestrados da área de Educação Física e Esportes, tanto nos mais antigos quanto nos mais recentes. Entretanto, embora ainda tênue, existe uma tendência de reorientação epistemológico-metodológica na produção científica da área

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000115639&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.