PIBID: Contribuições Para a Prática Discente na Licenciatura em Educação Física

Por: P. T. F. Rocha e R. A. C. Monteiro.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), desenvolvido pela Coordenação e Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), visa contribuir com a formação do futuro professor, através da aproximação do aluno com o contexto escolar. O curso de Educação Física da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) iniciou seu trabalho no programa em abril de 2014 e conta com a participação de 70 alunos da Licenciatura. Sabe-se que o desafio da formação docente é algo que permeia as instituições universitárias e é fruto de muitas pesquisas. Neste contexto o PIBID poderá representar um importante incentivo a valorização e preparação dos futuros profissionais da educação, o que favorece o trabalho desenvolvido pelas Instituições de Ensino Superior (IES). Como professores coordenadores do subprojeto Educação Física, acompanhamos as atividades desenvolvidas nas escolas participantes, identificando diferentes prismas de Educação Física nos cenários estudados. Essa aproximação foi realizada através de visitas as escolas, reuniões com os professores supervisores, leitura de relatórios elaborados pelos alunos, oficinas para a elaboração de trabalhos científicos e depoimento dos alunos das situações presenciadas. O objetivo desse trabalho foi identificar a contribuição do PIBID na formação dos alunos de Licenciatura em Educação Física. O instrumento de coleta foi um questionário aberto com foco nas contribuições para a formação acadêmica dos alunos e na indicação de fatores negativos relativos ao programa. Participaram da pesquisa 40 bolsistas do programa, o que representa uma fragilidade do estudo, uma vez que não foi possível a participação de todos os alunos. Como resultado, verificamos que cerca de 80% dos alunos responderam que o programa oportunizou a observação da aplicabilidade dos conteúdos trabalhados na universidade. Já o principal fator negativo evidenciado foi o acompanhamento do professor supervisor em suas atividades de planejamento e de reunião pedagógica, citam que gostariam de acompanhar somente as experiências dos professores com os alunos. Com isso, consideramos que existe impacto positivo no que se refere ao aproveitamento dos discentes no curso de Licenciatura em Educação Física, gerando melhor formação acadêmica dos alunos. Além disso, os discentes têm melhor compreensão do papel social da universidade e da profissão, fato que aumenta o interesse dos discentes em observar e conhecer com mais profundidade o processo de ensino-aprendizagem e a relação professor e aluno.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.