Pibid e o Fazer Docente na Formação Inicial de Educação Física e Artes

Por: Camila de Oliveira Rodrigues e Fernanda de Souza Cardoso.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.15 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo verificar as possibilidades e contribuições para o processo de formação inicial em Educação Física Licenciatura e Artes, advindas da implantação do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência), sob a perspectiva dos integrantes do Subprojeto Dança-Educação, bem como apontar problemas e desafios da formação através da prática docente e discutir sobre o ensino da dança, seus sentidos e possibilidades na escola. Trata-se de uma pesquisa descritiva qualitativa, tendo como participantes da pesquisa 09 (nove) acadêmicos da Universidade Estadual de Montes Claros, com 04 (quatro) componentes pertencentes ao curso de Educação Física e 05 (cinco) deles pertencentes ao curso de Artes. O instrumento de pesquisa utilizado foi uma entrevista semiestruturada, constituída de 07 (sete) questões discursivas, construídas a partir do objetivo proposto. A análise dos dados foi feita através da análise de conteúdo que se constitui como uma das técnicas de organização e análise dos dados na pesquisa qualitativa. Concluiu-se que, após a inserção do PIBID na universidade, os acadêmicos dos cursos de Educação Física e Artes reformularam suas posturas e teorias do fazer docente, por meio das experiências vivenciadas no cotidiano escolar, repensando se realmente querem trabalhar com a docência e se estão preparados, de acordo com a formação obtida na faculdade, para enfrentar os desafios do exercício profissional.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/13388

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.