Poderosas do Foz: Trajetórias, Migrações e Profissionalização de Mulheres Que Praticam Futebol

Por: .

166 páginas. 2012 14/12/2012

Send to Kindle


Resumo

Sabemos que o universo do futebol, bem como o dos esportes em geral, desde sua origem é predominantemente ocupado por homens. Mulheres que praticassem qualquer tipo de modalidade esportiva eram duramente julgadas em sua feminilidade. O futebol de mulheres possui apenas 30 anos de história no Brasil, se contarmos a partir da revogação em 1979 da lei que proibia as mulheres de jogarem. É fato que muitas conquistas aconteceram, podemos notá-las isso através do crescente número de mulheres que praticam o futebol e da proliferação de campeonatos estaduais, nacionais e internacionais que acontecem anualmente pelo Brasil e pelo mundo. Partindo desses e de outros conhecimentos, iniciamos esta pesquisa em outubro de 2011 com o time de futebol praticado por mulheres, fundado na cidade de Foz do Iguaçu, oeste do estado do Paraná. O time, ADI/Foz Futebol Feminino, possui apenas dois anos de história. Tendo iniciado suas atividades em março de 2010, possui em seu elenco jogadoras - as Poderosas do Foz - de expressão nacional, bem como conquistas de alguns dos títulos mais importantes para o futebol praticado por mulheres no Brasil. Do contato com essas atletas questões como sexualidade, corpo, trajetórias pessoais, projetos de vida, dificuldades e preconceitos na carreira, profissão, profissionalização e migração surgiram e serão discutidas neste trabalho.
 

Endereço: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100982

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.