Politicas Educacionais Inclusivas Para a Criança Deficiente: Concepções e Veiculações no Colegio Brasileiro de Ciencias do Esporte 1978/1999

Por: Cristina Borges de Oliveira.

152 páginas. 2003 17/01/2003

Send to Kindle


Resumo

Este estudo do tipo bibliográfico adota como problemática central de investigação as incursões teóricas e práticas que têm norteado a produção científica da Educação Física a respeito da educação da criança deficiente na perspectiva de identificar as concepções e representações sobre criança, infância e deficiência que vêm sendo construídas por essa produção. Esperamos também compreender as possíveis imbricações e inter relações da produção da área com as orientações internacionais e as políticas públicas inclusivas. Para tanto, tomamos como objeto de análise a produção teórica divulgada no Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) identificando concepções, paradigmas e referências que têm norteado a pesquisa sobre o tema. A análise dos dados bibliográficos foi realizada a partir de uma orientação ensejada no Materialismo Histórico Dialético e de algumas de suas categorias como totalidade, contradição, historicidade, utilizando como procedimento a análise de conteúdo. Com base nessa abordagem buscou-se constituir categorias que foram eleitas a partir da leitura aprofundada nos Anais dos Congressos Brasileiros de Ciência do Esporte (CONBRACEs) e fascículos da Revista Brasileira de Ciência do Esporte (RBCE) no período 1978/1999. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000303249&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.