Políticas de Esporte e Lazer, Políticas Sociais e Teoria de Estado: em Defesa da História

Por: .

Licere - v.16 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A consideração das políticas de esportes como constitutiva das políticas sociais ainda não é ponto pacífico na literatura tanto da Educação física como do serviço social. A busca por problematizar as ações estatais na oferta esportiva e de lazer- considerando suas interfaces mais próximas da Educação Física, a despeito de sua multiplicidade- tem produzido diversas aproximações teóricas com campos variados do conhecimento. Este texto busca debater alguns elementos da teoria de Estado ampliado de Gramsci, em sua indissociabilidade com o conceito de sociedade civil, bem como as contribuições de Nicos Poulantzas acerca da Teoria Relacional de Estado, ambas fortemente tributárias do legado marxiano, dando passos adiante em muitas questões. A partir disso, realizaremos apontamentos para pensarmos as políticas sociais de esportes na atual fase do capitalismo.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.