Políticas Públicas de Esporte no Chile: Trânsito à Democratização

Por: , e Franklin Castillo Retamal.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.15 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O texto apresenta inicialmente uma revisão documental em relação ao desenvolvimento das políticas públicas de esporte que o Estado chileno tem desenvolvido desde o início do século XIX. Posteriormente busca identificar como a participação cidadã tem sido incorporada na construção dessas políticas. Os dados expõem a evolução que as propostas relacionadas com políticas públicas de esporte no Chile têm tido até o atual desenvolvimento de iniciativas que tentam estabelecer um processo democrático e participativo da comunidade no levantamento de demandas relativas a seus interesses, necessidades e possibilidades. A revisão permitiu concluir que a relação entre Estado e esporte e as políticas públicas de esporte no Chile têm evoluído ao longo dos anos no sentido de abranger a pluralidade esportiva e da população, inclusive por via de processos democráticos de participação cidadã cada vez mais presentes e estruturados. Contudo, é preciso estabelecer um marco estrutural (política de Estado) a fim de concretizar a compreensão sobre a importância das políticas públicas esportivas e fortalecer o diálogo e as ações integradas entre os organismos que interatuam em virtude do bem-estar social.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/15744

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.