Políticas Públicas de Esporte e Lazer em João Monlevade - Mg e a Participação da População Neste Processo

Por: Fernanda Ferreira Santos e José Jairo Vieira.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A cidade de João Monlevade é uma cidade relativamente nova onde seu comercio
nos primeiros anos era voltada exclusivamente para a industria de extração de minério,
com o passar do tempo o município foi se desenvolvendo aumentando a sua área
de comercio também em outros setores. A prefeitura,instituiu no ano de 1989, a
divisão de esporte e lazer junto com a Fundação Casa de Cultura, estes dois setores
aos poucos foram se desenvolvendo. A política que estes utilizam tem como objetivo
desenvolver o esporte nas mais diversas regiões da cidade contribuindo para a
diminuição do ócio, da marginalização dos jovens como também tem desempenhado
para uma melhora na formação dos adolescentes. Os projetos que existem são
escolinhas de futebol, basquete entre outras que visam alem dos elementos já citados
a formação de atletas, existe ainda equipes dos mais diversos esportes (natação,
atletismo, etc.) que são financiados pela prefeitura e setores privados para uma
representação da cidade nos campeonatos externos. Na área de lazer a divisão de
esporte e lazer com parceria da Fundação Casa da Cultura tem construído praças,
quadras e campos de futebol para a pratica das atividades, alem de haver projetos
como rua de lazer, domingo na praça, aulas de musica, pintura, artesanato entre
outros.O objetivo deste estudo foi a de elucidar as atividades de lazer praticadas com
mais freqüência pelos habitantes, quais seriam as políticas existentes, se há uma
efetiva participação da população na montagem das atividades opinando em relação
ao publico alvo, bairros mais necessitados entre outros fatores. Foram aplicados
questionários e entrevistas com lideres comunitários e representantes da prefeitura
que estão diretamente relacionados com o esporte e lazer, como os diretores e
funcionários da divisão de esporte e lazer e a Fundação Casa de Cultura. Observouse que apesar de existirem algumas atividades para a população, não há um incentivo
por parte da prefeitura para que a comunidade participe de forma ativa e é possível,
ainda, perceber que as pessoas não se preocupam em relação a tais atividades. Outra
aspecto, é a despreocupação com as regiões que deveriam ser mais indicados para
estas e que faixa etária deveria ser atingida.A divisão de esporte e lazer e a Fundação
Casa da Cultura deveriam incentivar mais a população a participar, dentro de sua
própria estrutura é necessário uma melhorar em alguns itens para obterem um
trabalho mais efetivo.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/73_Anais_p387.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.