Políticas Públicas de Esporte e Lazer: Quais os Saberes Necessários Para Atuação de Profissionais?

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

As políticas públicas de lazer adquiriram maior visibilidade a partir da Constituição de 1988, que definiu que o poder público deveria incentivar o lazer como forma de promoção social. Entretanto, o conceito de lazer apresenta dificuldades para a definição de escopo de uma política voltada para sua grantia, uma vez que tem sido definido de diferentes formas e se associa a diferentes conteúdos. De qualquer maneira, diferentes programas e projetos têm sido desenvolvidos e, com isso, ampliado as possibilidades de intervenção de profissionais de diferentes áreas, inclusive no campo da Educação Física. Por isso, para que se tenha uma política na área, que seja alicerça  da em valores de participação popular e de contribuição, no plano cultural, para o exercício da cidadania, como é o caso do que é preconizado pelo Sistema Nacional do Esporte e Lazer, é fundamental o processo de formação e desenvolvimento de quadros para atuação. Diante disso, as questões que embasam esse estudo, são: quais conhecimentos e conteúdos necessário para a atuação de profissionais que elaboram, implementam, desenvolvem e avaliam as políticas públicas de esporte e lazer? Onde e com quem esses profissionais adquirem ou adquiriram esses conhecimentos? E qual o perfil profissional necessário para a atuação em Políticas Públicas de esporte e lazer? Portanto, o objetivo deste estudo é identificar e analisar o perfil profissional necessário para atuação nas propostas de políticas públicas de esporte e lazer,tendo em vista identificar conteúdos, conhecimentos, habilidades e competên cias. Como procedimentos metodológicos adotaremos a combinação das pesquisas bibliográfica e de campo. As políticas públicas para o esporte e lazer e os aspectos específicos da formação profissional para atuação no campo serão te mas da pesquisa bibliográfica. Para a pesquisa de campo utilizaremos a técnica
de entrevista semiestruturada com os analistas de políticas públicas de esporte e lazer da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Belo Horizonte (SMEL),
órgão responsável pela coordenação das políticas públicas de esporte e lazer no município de Belo Horizonte. A análise qualitativa dos dados coletados nas entrevistas dar-se-á através da análise de conteúdo proposta por Triviños (1987). Após realizar a pesquisa bibliográfica, iniciamos a entrevista em setembro de 2013, após a aprovação do Comitê de Ética.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.