Políticas Públicas de Lazer e o Impacto no Desenvolvimento do Cidadão

Por: e Maria Rita Bruel.

Licere - v.14 - n.3 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O estudo se baseou na Teoria dos Sistemas Ecológicos (Micro-Meso-ExoMacrossistema) e discutiu o lazer como direito social ao analisar o impacto das  políticas públicas no desenvolvimento do cidadão. Trata-se de um estudo descritivoanalítico com análise de conteúdo das entrevistas semiestruturadas. Amostra (n=42)  usuários de atividades de lazer (Micro); (n=6) gerentes da SMEL (Exo). Na entrevista  com o Micro se identificaram 202 relatos (F.a), igual a 100% (F.r.), categorizados em  elementos impactantes.Concluiu-se que houve impacto dos ambientes ecológicos sobre 
o Micro, prevalecendo interferências do Macro no Micro e menor interdependência  entre os sistemas, embora o Micro tenha recebido interferência de todos os níveis. O Exo é importante nessa teia ao provocar interconexões ambientais que refletem no desenvolvimento do homem, que busca o lazer como direito de preservação da vida e  exercício de cidadania.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV14N03_a5.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.