Políticas Públicas, Práticas Corporais e Representações Sociais Sobre o Envelhecimento. Um Estudo de Caso: o Plano Nacional de Esportes e os Jogos Esportivos, a Província de Buenos Aires

Por: Débora Di Domizio.

Revista da ALESDE - v.2 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Neste artigo apresentamos as ideias de uma série de discursos a partir da qual as políticas públicas nas práticas corporais (relacionadas ao esporte) vêm sendo concebidas e implementadas com idosos e que constroem uma representação social particular acerca da velhice. Nessas políticas públicas, foram detectadas as dimensões sociais para o estudo, da qual foram identificados e classificados os traços que nos permitiram destacar alguns aspectos para sua interpretação e análise. Os progressos preliminares relacionados à abordagem qualitativa não buscam universalizar o conhecimento, como verdade única e fechada, mas para fornecer um quadro para a compreensão das nuances e características da realidade estudada. Nos discursos dos programas analisados há uma visão reducionista das práticas corporais na velhice, nos quais as práticas esportivas e os hábitos ascéticos são mostrados como bens utilitários para alcançar uma boa longevidade e também uma boa canalização, deixando de lado o subjetivo e o coletivo em que operam aqueles que estão passando por ditos cenários.

Endereço: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/alesde/article/view/30790

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.