Por Que as Pessoas Estão Deixando de Freqüentar Ambientes de Lazer?

Por: .

Blog do Bramante - 2010

Send to Kindle


Amigos

Essa foi a pergunta que inspirou um trabalho que venho realizando junto ao SESI – Departamento Nacional já há quatro anos.

Regra geral, temos observado um contínuo abandono dos espaços e equipamentos específicos de lazer, sejam eles do setor público, daquilo que eu chamo de “semi-público” (Sistema “S” – SESI, SESC, SEST, etc.) e “semi-privado” (clubes social-recreativos). Os “negócios do ócio” (iniciativa privada) parece ainda conseguir sustentar-se, mesmo porque a ausência de clientes leva ao seu fechamento, puro e simplesmente.

Por outro lado, floresce os “ambientes-play” nos shoppings, crescendo mais do que as tradicionais lojas…

Por que isso está acontecendo? Esse é um fenômeno típico brasileiro ou ocorre em outros países também?

O assunto é complexo e não será nestas poucas linhas de um blog que tentaria responder a essas questões. Para iniciar um debate por aqui, parece haver certo descompasso entre a “demanda líquida” com a “oferta sólida”, se me permitem emprestar e adaptar os termos usados por Bauman quando trata da fragilidade dos laços humanos. Em outras palavras, no campo do lazer, diferentemente de tantas outras dimensões da vida humana, a maior capacidade de escolha, faz com que, na ausência de “sucesso”, simplesmente as pessoas busquem novas experiências, diferente dos “ambientes da obrigação”. Enquanto isso, nós gestores dessas experiências, não temos as informações mínimas e necessárias para estabelecer um vínculo suficiente para atraí-las aos nossos ambientes lúdicos para então tentar retê-las.

Esse projeto que mencionei no início está se propondo a enfrentar esse desafio através de uma arquitetura organizacional própria, que está composta por quatro ETAPAS (ingresso anual gradativo dos Departamentos Regionais do SESI no projeto – ao todo coincidindo com os 27 estados brasileiros) os quais passam por cinco FASES (sensibilização, mobilização, capacitação, intervenção e avaliação). A edição do primeiro volume do Caderno Técnico de Gestão e Otimização de Espaços de Cultura, Esporte e Lazer no SESI (nesse primeiro ciclo do projeto está prevista a edição de três volumes) explica, em detalhes, esse trabalho.

No período de 18 a 22 de outubro próximo em São Paulo, com a realização do 3º. Seminário Nacional de Gestores de Cultura, Esporte e Lazer do SESI (o qual deve coincidir com o 2º. Congresso Ibero-Americano de Instalações Esportivas e Recreativas) encerramos esse primeiro ciclo, com a inclusão de todos os estados brasileiros, cada qual apresentando a sua evolução no enfrentamento desse desafio e iniciaremos um segundo ciclo, reforçando essa proposta de trabalho.

Uma boa notícia é que a organização desse evento estará disponibilizando algumas “bolsas” para interessados de todo país, via CEV.

Aproveite a oportunidade e participe!

Forte abraço.

Bramante

Por Bramante
em 27-09-2010, às 13:07

2 comentários. Deixe o seu.

Bramante

teria como me enviar esse documento?

Por Leopoldo Gil Dulcio Vaz
em 9-10-2010, às 16:31.

Amigo Leopoldo, por favor, qual documento?

Por Bramante
em 24-10-2010, às 22:52.

Endereço: https://web.archive.org/web/20101225033104/http://blog.cev.org.br/bramante/2010/por-que-as-pessoas-estao-deixando-de-frequentar-ambientes-de-lazer/

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.