Por Que Matamos o Barbeiro? Reflexões Preliminares Sobre a Paradoxal Exclusão do Outro

Por: Regina Maria de Souza e Silvio Gallo.

Educação e Sociedade - v.23 - n.79 - 2002

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho discutirá a exclusão como efeito de mecanismos ao mesmo tempo assimilatório e racista. Racismo é aqui entendido como efeito de um processo que coloca em jogo tanto o temor subjetivo de se haver com o desejo do outro/estranho a mim mesmo como, também, uma fina rede de poderes articulados. Esta reflexão terá como objetivo iniciar, ainda que timidamente, um diálogo com Michel Foucault e autores inscritos na psicanálise. Isso será feito não no sentido de mostrar a possibilidade de, entre os conjuntos teóricos que representam, haver qualquer ponto de interseção, mas no sentido de apontar a necessidade de ser fabricada uma ferramenta que possa explicar a “colagem” dos dispositivos de poder ao funcionamento do sujeito, que, via de regra, deixa-se capturar por eles.

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.