Por Que o Público Não é Maior? Causas Sobre a Ausência de Consumidores nos Estádios da Cidade de São Paulo

Por: Fábio Soares César.

92 páginas. 2015 24/02/2015

Send to Kindle


Resumo

A indústria do esporte mundial, em especial do futebol, tem conquistado a cada ano um importante espaço na economia mundial. Por outro lado, o futebol brasileiro possui uma realidade distinta dos países europeus onde as taxas médias de ocupação dos estádios superam a 80%, já em nosso país a taxa média de ocupação em nossos estádios não supera os 40%. Neste cenário, o objetivo deste trabalho é identificar e analisar os fatores que influenciam na ausência dos consumidores a jogos de futebol profissional nos estádios da cidade de São Paulo. O referencial teórico abordou os seguintes conceitos: comportamento do consumidor, o consumidor esportivo, os estádios e arenas como ferramentas de produção e consumo do esporte e a ausência em eventos esportivos. O estudo abordou pessoas consumidoras de futebol, que possuam simpatia ou torçam por algum clube e que em algum momento assistiram a partidas de futebol profissional em um dos estádios e arenas da cidade de São Paulo. Optou-se pela cidade de São Paulo pela sua representatividade no cenário do futebol nacional e por esta possuir quatro times de futebol profissional que disputam regularmente campeonatos a nível regional e nacional nas principais divisões do Brasil. Este trabalho adotou uma abordagem quantitativa, como instrumento de coleta de dados utilizou-se um questionário de pesquisa, envolvendo tais consumidores em três momentos distintos (antes, durante e após a Copa do Mundo FIFA 2014) e foram obtidas em cada um dos momentos as seguintes amostras: (i) no momento I obteve-se uma amostra de 347 participantes; (ii) no momento II obteve-se uma amostra de 220 participantes; e (iii) no momento III obteve-se uma amostra de 268 participantes, totalizando uma amostra final de 835 participantes. A análise dos dados foi realizada em duas etapas. A primeira etapa contemplou uma análise descritiva dos dados com objetivo de determinar o perfil dos participantes e a segunda etapa contemplou uma análise fatorial exploratória com objetivo de verificar os conjuntos de fatores que exprimam características comuns na motivação dos indivíduos com relação ao não comparecimento aos estádios. Os resultados da análise permitiram identificar características comuns antes e depois da copa e características diferenciadas durante a copa. Espera-se que futuros estudos sejam realizados em outras localidades, a fim de identificar as variáveis que mais afetam o não consumo de partidas de futebol profissional nos estádios brasileiros. Espera-se que essa pesquisa não atenda somente a comunidade acadêmica, mas também torná-la útil para os gestores e organizações ligadas ao esporte.

Endereço: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1109

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.