Por Uma Sociologia da Produção Científica no Campo Acadêmico da Educação Física no Brasil

Por: Juliano de Souza e .

Motriz - v.17 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo

No presente artigo, temos por objetivo demonstrar algumas frentes de apreciação que podem ser  abertas para pensar a constituição e estrutura do campo acadêmico da Educação Física no Brasil a partir 
da Sociologia da Ciência tal como retomada na obra de Pierre Bourdieu. Para tanto, procuramos recuperar  um exemplo bem pontual e recente das “tensões epistemológicas” evidenciadas no subcampo de produção  sócio-cultural em Educação Física, mais precisamente, as tomadas de posições materializadas na Revista  Brasileira de Ciências do Esporte por conta da publicação dos artigos: “Antropologia, cultura e Educação  Física escolar” de autoria de Diego Luz Moura e Hugo Rodolfo Lovisolo em 2008 e o artigo “Antropologia,  cultura e Educação Física escolar: considerações a respeito do artigo de Moura e Lovisolo” redigido por  Jocimar Daolio em 2009. Cabe a ressalva, de que nosso intuito é mais partir desse exemplo para  desenvolver as argumentações e amarrações empírico-teóricas do que propriamente se debruçar sobre o  caso específico em si, ou ainda, tomar partido frente aos posicionamentos apresentados. 

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1980-6574.2011v17n2p349/pdf_95

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.