Porque o Idoso Não Pratica Atividade Física?

Por: Fúlvia Amorim, Gabriela Santin e .

V Encontro de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

Historicamente o corpo idoso foi desconsiderado pela sociedade, levando o estereótipo de inútil e incapaz. A ciência, em geral, discute a questão da terceira idade baseada na diminuição das reservas orgânicas, na alteração do desempenho motor e no comprometimento de vísceras, sistemas, relações e convívios. Apesar desta discriminação, tanto a mídia como a literatura tem mostrado que a prática de atividade física moderada e regular, contribui para que as estruturas orgânicas, a afetividade ou a socialização sejam preservadas e o ser idoso possa obter uma melhor qualidade de vida. No entanto, percebemos que há um número significativo de idosos que não praticam atividades físicas. Esta constatação nos gerou alguns questionamentos, culminando com o presente trabalho que pretende investigar quais motivos levam os idosos a não praticar atividade física. Com esta intencionalidade, elaboramos uma questão geradora, definida da seguinte forma; Porque não pratica atividade física! A pesquisa foi aplicada a sessenta pessoas, acima de 50 anos, residentes na cidade de Piracicaba, interior do estado de São Paulo. Os resultados serão interpretados na abordagem metodológica denominada Análise de Conteúdo, desenvolvida por Laurence Bardin (1977), mais precisamente, através de uma adaptação da Técnica de Análise de Asserção Avaliativa, elaborada por Osgood, Saportae Nunnally. Unitermos: Idoso, Atividade Física, Terceira Idade

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.