Pós-graduação em Educação: Lugar da Formação Para a Docência do Professor Universitário de Educação Física

Por: Marcelo Vasques Casati.

115 páginas. 2007 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A formação para o trabalho docente no ensino superior, que é oferecida em nível de pós-graduação nem sempre abrange estudos sobre o conhecimento da área de saber a que se destinam estes programas. Embora os saberes que constituem o trabalho docente não se restrinjam aos processos formais escolares, os Programas de Pós Graduação em Educação constituem-se em espaços privilegiados de formação, pela possibilidade de reflexão e aprofundamento que oferecem aos professores que a eles acorrem. Partindo desta premissa, esta pesquisa visou conhecer e analisou as contribuições do processo formativo em Programas de Pós-Graduação em Educação para professores universitários de Educação Física. Para tanto, analisou o que pensam e como avaliam os docentes universitários de Educação Física da cidade de Santos, que passaram por processos formativos em Programas de Pós-Graduação em Educação, e como esses conhecimentos influenciaram suas concepções e práticas pedagógicas. Este estudo orientou-se por uma abordagem qualitativa de pesquisa, que valorizou os processos de produção do fenômeno investigado (e não apenas seus produtos), valendo-se de entrevistas semi-estruturadas, que permitiram obter depoimentos sob a forma de narrativas, como procedimento para coleta de dados. Como bases teóricas para analisar os saberes docentes do professor universitário, apoiamo-nos em Maurice Tardif e Maria Isabel da Cunha. Procurou-se realçar, a partir dos depoimentos dos professores, não apenas as mudanças visíveis, constatáveis pela prática, mas também as intencionalidades contidas nos depoimentos, que revelam mudanças no modo de conceber o trabalho docente. Nesta perspectiva, os professores pesquisados apontaram os seguintes aspectos como diferenciais decorrentes do processo de formação no Mestrado em Educação: qualidade das relações interpessoais: relação com os alunos e com os pares; organização e gestão do trabalho pedagógico: planejamento e ações pedagógicas; processo de avaliação: caráter formativo; importância da formação continuada. É possível reconhecer nos depoimentos dos professores a ocorrência de processos formativos a partir da relação entre os conhecimentos teóricos e as práticas cotidianas Ao final deste estudo, conclui-se pela validade da formação do professor universitário em Programas de Pósgraduação em Educação, pela possibilidade que estes programas oferecem aos docentes de compreender suas trajetórias formativas na perspectiva das práticas acadêmicas, em sua historicidade e circunstâncias.

Endereço: http://biblioteca.unisantos.br:8181/handle/tede/121

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.