Possibilidades Heterotópicas do Surfe: Uma Análise do Discurso de Ricardo dos Santos

Por: Luiz Carlos Rigo, Luiz Felipe Alcantara Hecktheuer e Thiago Silva de Souza.

Licere - v.22 - n.3 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Nos últimos anos, na era pós-Medina, o surfe brasileiro alcançou um lugar de maior visibilidade no cenário nacional e internacional. Nesse contexto, este artigo teve como objetivo principal analisar o discurso de Ricardo dos Santos, surfista assassinado na Guarda do Embaú em 20 de janeiro de 2015, a partir de alguns conceitos foucaultianos como: discurso; acontecimento e heterotopias. O corpus empírico da pesquisa constituiu-se do Blogue Salt Water Crazy Dreams, criado e mantido pelo próprio surfista. A pesquisa concluiu que apesar de Ricardinho pertencer à geração de surfistas brasileiros que aderiram ao surfe competitivo, seu discurso engajado ressaltava o cuidado com o meio ambiente e uma valoração da dimensão lúdico-brincante do surfe, instituindo assim a possibilidade do surfe constituir-se em uma heterotopia.

Endereço: https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/15320

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.