Postura Corporal: Orientação Para Educadores

Por: Ligia Maria Presumido Braccialli.

1997 23/06/1997

Send to Kindle


Resumo

Nos dias atuais, problemas posturais têm sido considerados um sério problema de saúde pública, pois atingem uma alta incidência na população economicamente ativa, incapacitando-a temporária ou definitivamente para atividades profissionais. Considerando as alterações posturais na infância como um dos fatores que predispõe a condições degenerativas da coluna no adulto, manifestada geralmente por um quadro álgico, toma-se necessário estabelecer mecanismos de intervenção precoce como meio profilático. Vários autores apontam como solução para as afecções posturais no adulto, a elaboração de programas educacionais de orientação postural na infância os quais visariam a prevenção. Baseado nestas proposições, o presente trabalho tem como objetivo estabelecer a fundamentação sobre os principais fatores que interferem na postura corporal da criança e do adolescente e fornecer orientações sobre educação postural. Para isso, localizou, analisou e interpretou-se dados escritos por diferentes autores através de uma pesquisa bibliográfica realizada no período correspondente de 1963 a 1996. As diferentes visões de corpo e suas influências na postura, a evolução da postura humana, as principais alterações posturais relacionadas com o crescimento e desenvolvimento da criança e do adolescente e os fatores ambientais e ergonômicos que interferem na postura foram estudados. Quanto aos aspectos, ergonômicos, realizou-se uma reflexão sobre as dificuldades encontradas no ambiente escolar por razão das crianças e adolescentes permanecerem grande parte do dia confinados nestas instituições de ensino. Faz-se o estudo do crescimento e desenvolvimento da criança e do adolescente por serem as fases em que alterações significativas, repentinas e desordenadas facilitam o aparecimento ou acentuação dos problemas posturais. Contudo, considera-se, que enquanto o crescimento não estiver concluído, seja possível agir sobre as estruturas esqueléticas corrigindo, e realinhando-as mais efetivamente. O trabalho proporcionou-nos uma visão ampla do assunto, permitindo a -compreensão dos aspectos relacionados à postura corporal da criança e do adolescente e possibilitando a determinação de metas a curto, médio e longo prazo, que poderiam ser instituídas na educação e que permitiriam a prevenção de problemas posturais.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000116353&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.