Postura e Dor Musculoesquelética em Estudantes Eutróficos, com Sobrepeso e Obesos. Um Estudo Transversal.

Por: Letícia Carnaz e Mariana Vieira Batistão.

Motriz - v.20 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A obesidade infantil aumenta a susceptibilidade a lesões musculoesqueléticas. Os objetivos deste estudo foram descrever a prevalência de sobrepeso e obesidade e identificar as diferenças na postura e dores musculoesqueléticas entre os estudantes eutróficos, com sobrepeso e obesos. Dos 420 alunos avaliados, 252 (60%) eram do sexo feminino e 168 (40%) do sexo masculino, com idade média de 11,1 (±2,3) anos. A postura de todos os indivíduos foi avaliada qualitativamente. Para uma subamostra (n=99), a avaliação postural quantitativa foi realizada pelo Software de Avaliação Postural (PAS/ SAPo). Uma versão adaptada do Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares foi usada para avaliação da dor. Os dados foram analisados de forma descritiva e por testes estatísticos com nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que a prevalência de sobrepeso foi de 22,1 % e de obesidade foi de 14,1%. Avaliação postural indicou maiores ângulos de valgo de joelho, maior incidência de cifose torácica e hiperlordose lombar em estudantes com sobrepeso e obesidade em relação aos eutróficos (p≤0,05). Não houve associação entre excesso de peso e dor (p=0,994).

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/6693

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.