Prática Esportiva nas áreas Comuns do Campus USP da Capital: Conflitos e Diagnóstico

Por: Marino Pereira Benetti.

148 páginas. 2015 02/10/2015

Send to Kindle


Resumo

2015-10-02

O objetivo desse estudo foi realizar o diagnóstico de aspectos da ocupação das áreas comuns do Campus da USP da Capital em relação à prática de atividade física, a fim de levantar elementos para a construção de um plano de gestão dessa atividade com base nas teorias e modelos da administração. Para isso, estudou-se os anos de 2013 e 2014, as características do território, ocupação das áreas comuns do Campus da USP pelas assessorias esportivas, as principais ocorrências relacionadas à prática esportiva registradas na Guarda Universitária, Ouvidoria da USP, Prefeitura do Campus e Sistema de Ambulância, os serviços oferecidos pelas assessorias esportivas, o comportamento do mercado destas assessorias presentes no Campus e o perfil do gestor de assessoria esportiva. Além disso, estudou-se a ocupação e o comportamento em termos de prática esportiva dos praticantes e a opinião destes sobre a prática de atividades físicas no Campus da USP. Foram analisados dados dos órgãos administrativos da USP relacionados à prática esportiva e aplicado questionário às assessorias e praticantes. Resultados: as principais ocorrências registradas na guarda universitária estavam relacionadas a furtos em veículos, seguidos de acidente pessoal e atropelamento, e ocorreram prioritariamente no período matutino; No serviço de ambulância a principal ocorrência foi relacionada a acidentes com queda de ciclistas; A principal reclamação está vinculada à prática de ciclismo tanto na Ouvidoria como na Prefeitura do Campus; Houve um crescimento expressivo do número de assessorias esportivas nos últimos dez anos; As assessorias esportivas em conjunto movimentam só em relação aos serviços de treinamento, cerca de 2 milhões e setecentos mil reais ao mês; Prioritariamente, as assessorias esportivas oferecem seus treinamentos no Campus da USP devido à demanda dos praticantes; O Campus da USP é escolhido como local para treino pelos praticantes principalmente devido a variação de percurso, a proximidade de casa ou do trabalho, ser um local arborizado, amplo, poder realizar treinos longos e ser considerado o melhor local para treinamento. Conclusão: a partir das análises apresentadas, pudemos obter o diagnóstico do uso do espaço, onde buscamos informações acerca do ambiente externo de forma a identificar e interpretar as tendências, visando analisar as informações e determinar quais apresentam oportunidades e ameaças para propor um plano de gestão
 

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39134/tde-09122015-090209/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.