Prática Habitual de Atividade Física e Cuidados de Saúde em Adolescentes com Deficiência Sensorial

Por: .

2012 01/12/2012

Send to Kindle


Resumo

A prática regular de atividades físicas para pessoas com algum tipo de deficiência tem sido reconhecida como poderoso instrumento de promoção de saúde. Trata-se, por isso, de uma nova área de mercado, ocupando um espaço cada vez mais importante quer nos campos profissionais que dela emergem, quer pela função humanizante que promove. O objetivo deste estudo foi analisar os hábitos de atividade física e as condições de saúde em adolescentes com deficiência sensorial (visual ou auditiva) da cidade de Londrina – PR. Participaram do estudo 27 jovens com idade entre 13 e 18 anos, sendo 12 com deficiência visual e 15 com deficiência auditiva. Para analisar os níveis de atividade física foi utilizado o método da acelerometria, para verificar as condições de saúde foi aplicado um questionário. Para a análise dos dados foi utilizada estatística descritiva e teste “t” de Student para comparar as variáveis. Além disso, foi realizada ANOVA two way para comparar as variáveis: METs, sexo, idade e deficiência. Para se verificar possíveis correlações entre os resultados da acelerometria e nível socioeconômico, foi utilizado o teste de correlação de Pearson. Foi adotado nível de significância p< 0,05. Os resultados do estudo indicaram prática habitual de atividade física moderada. Constatou-se também que dentre os serviços de saúde, os jovens se utilizam mais dos odontológicos. Muitos adolescentes apresentaram hábitos nutricionais negativos, fator que pode ser verificado nos níveis elevados de IMC, especialmente nas meninas com deficiência visual. Futuras intervenções nestas populações tornam-se relevantes afim de que tais problemas sejam sanados. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000169756

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.