Prática Pedagógica das Lutas no Brasil: Análise de Contextos Não Formais de Ensino

Por: e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.23 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou a prática pedagógica das lutas em contextos não formais de ensino no Brasil, por meio de observações e entrevistas com professores experientes nas seguintes práticas corporais: karatê, judô, jiu jitsu e kung fu. Os resultados foram submetidos à Análise de Conteúdo, cruzando as informações adquiras com os instrumentos utilizados e alocados nas categorias: rituais e cerimônias, tradição e disciplina, procedimentos de ensino, diferenciações no ensino de crianças e adultos e conformismo, criticidade e criatividade. De modo geral, as lutas são ensinadas privilegiando a repetição de gestos técnicos, não concentrando o processo nos praticantes que se-movimentam. Para que o ensino dessas modalidades seja mais crítico e criativo é necessário transformar determinadas condutas tradicionalmente construídas, permitindo que o ensino das lutas contribua para a formação e o desenvolvimento crítico de seus praticantes.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/5271

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.