Práticas Corporais de Aventura na Educação Infantil: Uma Análise a Partir da Sociologia da Infância

Por: Márcia Cristina Rodrigues da Silva Coffan e Wanessa Gomes Chagas Guimarães.

Corpoconsciência - v.23 - n.3 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Este trabalho é o recorte de uma dissertação em andamento que procurou valorizar e refletir sobre a Sociologia da Infância nas aulas de Educação Física na Educação Infantil em Goiânia/GO. Objetivo: Refletir como a cultura da infância em seus eixos norteadores (interação, fantasia, reiteração e ludicidade) se manifesta nas aulas de Educação Física. Metodologia: O plano metodológico da pesquisa tem base na abordagem qualitativa, com inspiração na pesquisaação. Como instrumentos de pesquisa foi feita a análise das fontes documentais e documentosIntrodução: Este trabalho é o recorte de uma dissertação em andamento que procurou valorizar e refletir sobre a Sociologia da Infância nas aulas de Educação Física na Educação Infantil em Goiânia/GO. Objetivo: Refletir como a cultura da infância em seus eixos norteadores (interação, fantasia, reiteração e ludicidade) se manifesta nas aulas de Educação Física. Metodologia: O plano metodológico da pesquisa tem base na abordagem qualitativa, com inspiração na pesquisaação. Como instrumentos de pesquisa foi feita a análise das fontes documentais e documentos

Endereço: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/issue/viewIssue/561/73

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.