Práticas Corporais de Aventura na Escola: Possibilidades e Desafios - Reflexões Para Além da Base Nacional Comum Curricular

Por: Dayse Alisson Camara Cauper, Gleison Gomes de Morais, Humberto Luis de Deus Inácio e Luzia Antônia de Paula Silva.

Motrivivência - v.28 - n.48 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Este texto apresenta uma análise documental sobre o conteúdo Práticas Corporais de Aventura, indicado na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como uma novidade se comparado aos conteúdos tradicionais da Educação Física brasileira. Nosso objetivo foi analisar se o referido conteúdo atende aos princípios da educação básica presentes na BNCC, sobretudo em sua exposição na área de Linguagens, nos eixos e objetivos da formação no ensino fundamental e médio, e nos apontamentos específicos para a Educação Física; bem como de avaliar a inserção e os detalhamentos do conteúdo para cada um dos ciclos propostos. Também apontamos limites e possibilidades para a inserção deste conteúdo na Educação Física Escolar. Concluímos pela importância deste conteúdo e advogamos que sua inclusão na Educação Física Escolar deva ser balizada por propostas pedagógicas críticas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2016v28n48p168

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2016 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.