Práticas Corporais e Inovação na Educação da Primeira Infância (0-6 Anos): Análise Crítica Desde a Visão dos Especialistas

Por: Camila Francisca Gaete Navarro, Daniela José Aguilera Ubeda, Gladys Antonia Jiménez Alvarado, Natalia Javiera Peña González e Rodrigo Alberto Gamboa Jiméneza.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.40 - n.3 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo qualitativo, fenomenológico, tem como objetivo identificar os conceitos, as características e as diretrizes que orientam as práticas corporais com um carácter inovador. A produção de informações foi por meio de entrevistas com um grupo de especialistas na área e a sua análise foi feita a partir de uma lógica indutiva interpretativa, seguiu as diretrizes da Grounded Theory; categorias emergentes e codificação aberta, axial e seletiva, com uso do software NVivo. Os resultados revelam alinhamento central para a inovação em tais práticas: renovação ou transformação, contextualização social, o renovador e educador pensamento criativo, a liberdade de exploração e as possibilidades de criação de relacionamentos por crianças. Além disso, o estudo identifica a perda do sentido pedagógico, do caráter lúdico e dos processos de escolarização.

Endereço: http://rbceonline.org.br/pt/practicas-corporales-e-innovacion-educacion/articulo/S0101328917301117/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.