Práticas de Lazer em Asilos: Uma História Contada Pelas Histórias de Vida de Idosas

Por: Tatiana Freire.

IX Congresso Brasileiro de História do Esporte, Lazer e Educação Física CHELEF

Send to Kindle


Resumo

O lazer enquanto fenômeno cultural, historicamente compreendido enquanto um tempo conquistado, possibilita o vivenciar de práticas lúdico-culturais por todos os segmentos sociais. No tocante aos idosos, podemos afirmar que estas práticas têm ocupado significativo espaço contribuindo, assim, para a vida desse segmento social. Estudos em diferentes áreas do conhecimento têm apresentado reflexões sobre a corporeidade desse idoso e as possibilidades de expressão lúdica, enfatizando a relevância social e estimulando a apropriação de conhecimentos que garantem um melhor entendimento do seu papel na sociedade. Neste sentido, esta pesquisa tem por objetivo investigar e analisar, numa relação histórico-social, como as vivências no campo do lazer são realizadas junto as idosas podendo favorecer ao exercício da cidadania, num diálogo lúdico com corporeidade. O resgate cultural é o eixo de todo processo investigativo que, com leituras críticas do universo pesquisado, resultará na concretude de histórias contadas pelas histórias de vida de cada participante, ou seja, as histórias de vida narradas pelas idosas residentes no Asilo Pe Venâncio. Neste processo dinâmico e dialético a história de vida é a fonte pela qual serão coletados os dados. Assim, buscaremos estabelecer diálogos lúdicos com as idosas no tocante as práticas desenvolvidas naquele asilo, levando em conta uma perspectiva multireferencial, valorizando a identidade cultural do coletivo, sendo trabalhadas a partir das categorias explicativas, a saber: prazer, alegria, espontaneidade, criatividade, recriação, participação, cooperação e responsabilidade, auto-estima, determinação e socialização. Esta pesquisa constitui o processo de elaboração de uma Monografia de Conclusão de que pretende colaborar com elementos significativos, favorecendo e orientando alternativas metodológicas para práticas de lazer, explorando e aproveitamento as expressões corporais e culturais das idosas. Para assim, aprofundar e ampliar referências para subsidiar estudos e discussões sobre questões relacionadas diretamente a população idosa que, a cada ano, vem se ampliando e buscando melhores e objetivas condições de vida. Neste universo reflexivo, podemos reconhecer propostas que se constituem em consistentes processos de investigação e alternativas pedagógicas, apontando a utilização de linguagens para transmitir e construir saberes embricados pelo rompimento de relações de poder e/ou de exclusão social permitam reconhecer quando realmente estamos propondo alterações de essência e não somente de aparência. É neste contexto sóciocientíficocultural que esta pesquisa, como desdobramento e ampliação de estudos com idosos, pretende apontar indicadores que possam subsidiar um processo sistemático e de (re)integração, para, assim, compreender o idoso e as relações entre suas capacidades e seu lugar na sociedade, com as implicações da liberdade, com direitos/deveres, com a dignidade pessoal, respeito ao próximo, com a felicidade, com o belo, com o lúdico, com saberes multireferenciais de áreas compartilhadas. Os dados obtidos, até o momento, têm apontado para a necessidade de fixar princípios, à luz de conhecimentos, para ampliar o universo de horizonte garantido resultados significativos em relação ao grupo de idosos.

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-ix-congresso-brasileiro-de-historia-do-esporte-lazer-e-educacao-fisica-chelef

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.