Práticas de Lazer em Salvador: Análise Comparada Entre Dois Bairros

Por: , Danilo Raniery Alves Freire e Ewerton de Almeida Oliveira.

Licere - v.22 - n.3 - 2019

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi compreender quais as características do lazer da população soteropolitana, tendo como lócus de análise os bairros “Barra” e “Massaranduba”. Para escolha das regiões levamos em consideração a divisão socioespacial, o perfil socioeconômico e outros aspectos. Para a coleta de dados, aplicamos um questionário semiestruturado a 43 pessoas com idade entre 20 e 79 anos. O método de análise esteve associado à proposta de Bardin (2002) que divide o conteúdo por categoria, para posterior reagrupamento analítico. Identificamos, portanto, que os soteropolitanos apresentam como locais de preferência para a fruição do lazer, a praia e o shopping e/ou cinema, o bar e/ou restaurante e o lar. Consideram ainda a “insegurança” fator crucial para uma possível mudança na escolha do programa de lazer, exigem mudanças efetivas e questionam sobre a possibilidade dos resultados da pesquisa atingirem a realidade social.

Endereço: https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/15308

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.