Práticas e Representações do Esporte e do ócio Segundo o Jornal Paraná Norte (1934-1937)

Por: Antonio Geraldo Magalhães Gomes Pires e .

Educación Física Y Deporte - v.33 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O tema do artigo consiste em práticas e representações do esporte e do ócio difundido pelo Jornal Paraná Norte (1934-1937) da cidade de Londrina, Estado do Paraná, Brasil. Como recurso metodológico os construtos sobre imprensa jornalística fundamentaram a pesquisa (Cruz & Peixoto, 2007). Como fonte de pesquisa histórica usou-se o Jornal Paraná Norte. A pesquisa baseou-se, particularmente, nas compreensões de esporte e de ócio de Elias y Dunning (1992). Os resultados indicaram que as práticas de esporte e de ócio sofreram uma mudança de sentidos, representaram elementos de desenvolvimento e progresso urbano em um contexto de propaganda jornalística das terras produtoras de café, a riqueza considerada como “ouro verde”.

Referências

1.    Arias Neto, J. M. (2008). O Eldorado: representações da política em Londrina (1930-1975). 2ª ed. Londrina: Eduel. 
2.    Boni, P. C., Komarchesqui, B. M., & Rodrigues, N. F. (2010). O papel do Paraná Norte na construção da Santa Casa e o esporte nas ondas do rádio: duas experiências históricas da imprensa londrinense. Londrina: Planográfica.
3.    Bourdieu, P. (1983). Como é possível ser esportivo? En P. Bourdieu (Ed.), Questões de Sociologia (pp. 136-153). Rio de Janeiro: Marco Zero.
4.    Burke, P. (2005). O que é história cultural? Rio de Janeiro: Jorge Zahar.
5.    Chartier, R. (1990). A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil.
6.    Cruz, H. F. (2000). São Paulo em papel e tinta: periodismo e vida urbana (1890-1915). São Paulo: EDUC, FAPESP, Arquivo do Estado de São Paulo, Imprensa Oficial.
7.    Cruz, H. F., & Peixoto, M. R. C. (2007). Na oficina do historiador: conversas sobre história e imprensa. Projeto História. Revista do Programa de Estudos Pósgraduados de História, 35(1), 253-270.
8.    Darton, R. (1990). O Beijo de Lamourette: Mídia, Cultura e Revolução. São Paulo: Companhia das Letras.
9.    Del Priori, M., & Melo, V. A. (2009). História do esporte no Brasil: do Império aos dias atuais. São Paulo: Editora Unesp.
10.    Dunning, E. (2001). Civilização, formação do estado e primeiro desenvolvimento do esporte moderno. En A. Garrigou & B. Lacroix (Eds.), Norbert Elias: a política e a história (pp. 91-103). São Paulo: Perspectiva.
11.    Elias, N., & Dunning, E. (1992). Deporte y ocio en el proceso de la civilización. México: Fondo de Cultura Económica.
12.    Gebara, A. (2002). Sociologia configuracional: as emoções e o lazer. En H. T. Brunhs (Ed.), Lazer e ciências sociais: diálogos pertinentes (pp. 75-92). São Paulo: Chronos.
13.    Le Goff, J. (2003). História e Memória. São Paulo: Unicamp.
14.    Lucena, R. F. (2001). O esporte na cidade: aspectos do esforço civilizador brasileiro. Campinas/SP: Autores Associados, Chancela editorial Cbce.
15.    Melo, V. A. (2010). Os sports e as cidades brasileiras: transição dos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Apicuri.

Endereço: http://aprendeenlinea.udea.edu.co/revistas/index.php/educacionfisicaydeporte/article/view/16157

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.