Precisão das Equações Preditivas de 1-rm em Praticantes Não Competitivos de Treino de Força

Por: M. L. Lacio.

Motricidade - v.6 - n.3 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar a precisão das equações de predição de 1-RM propostas por Adams (1994), Baechle e Groves (2000), Brzycki (1993), Epley (1985), Lander (1985) e O’Conner et al. (1989) em alunos de ginásios. Foram selecionados 31 indivíduos do sexo masculino, praticantes de treino de força, com média de idades de 21.8 ± 4.0 anos, peso 75.9 ± 8.4 kg e estatura 178.1 ± 6.4 cm. O exercício escolhido para a realização do presente estudo foi o supino recto com barra. A coleta de dados referentes às cargas de trabalho no supino recto foi realizada em dois momentos: (a) carga referente ao teste de 1-RM; e, (b) carga referente ao teste submáximo e seus respectivos números de repetições. Através da análise de variância verificou-se que não houve diferença significativa (p > .05) entre os resultados das equações e o teste de 1-RM. Os coeficientes de determinação (r2) variaram entre .94 e .96. As equações tiveram erro padrão baixo (2.7 a 3.2 kg). Podemos concluir, com este trabalho, que as equações para predição de carga máxima selecionadas podem ser utilizadas com o intuito de predizer a carga máxima para o supino recto com barra com alto grau de precisão em alunos de academia.

Endereço: http://www.revistamotricidade.com/arquivo/2010_vol6_n3/v6n3a05.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.