Preparação Física e Técnica no Futebol Juvenil: Realidade e Implicações Educacionais.

Por: Carlos Eurico Fagundes dos Santos.

166 páginas. 1991 04/04/1991

Send to Kindle


Resumo

A presente tese refere-se à técnica do futebol e a investiga em atividades de preparação física e técnica. Na investigação confirmam-se as hipóteses de que ambas influem nos resultados do teste de Schaufele específico para futebol. Contudo, imprescindíveis abordagens de cunho histórico, político, econômico e social são apresentadas com a intenção de se demonstrar a importância da técnica na evolução do futebol, a origem do problema da diminuição de sua prática pela população e a conseqüente redução do número de grandes jogadores. Tal problema, e ainda outros no âmbito dos clubes, como a supervalorização da preparação física e ausência de preparação especializada (preparação técnica, tática, moral, volitiva e teórica) aos jovens futebolistas em formação, aliados a intencionalmente retrógrada e deficiente formação educacional nas escolas, é que acarretam aproximadamente vinte e cinco anos de atraso do futebol brasileiro. A reversão desta situação negativa só será viável se verdadeiros educadores vierem a atuar, objetivando um consistente embasamento educacional aos jovens atletas. Este embasamento educacional possibilitará uma mentalidade apropriada, a qual oferecerá condições para que eles suportem as adversidades de uma preparação altamente especializada, indispensável para que consigam expressar sua arte em espaços e tempos reduzidos, características de sua futura profissão, cada vez mais evidentes no futebol atual.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1001&listaDetalhes%5B%5D=1001&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.