Preparação Profissional em Educação Fisica: a Questão dos Estagios

Por: .

2002 10/06/2002

Send to Kindle


Resumo

Em muitos casos, os estágios nos processos de preparação profissional err Educação Física são vistos como momentos estanques de aprendizagem, coma os únicos responsáveis pela integração entre teoria e prática e como sinônimo de emprego. A perspectiva do ensino reflexivo encara os estágios e o currículo coma indissociáveis, valorizando os saberes da teoria e da prática presentes na aquisição e construção do conhecimento, ou seja, como uma alternativa possível para a superação dos problemas apontados. Desta maneira, o objetivo deste estudo é pensar, inserir, organizar uma formulação teórica para os estágios curriculares no processo de preparação profissional em Educação Física com base no ensino reflexivo, observando, estudando e dialogando com as particularidades existentes nos cursos de graduação em Ciências Biológicas, Enfermagem, Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Educação Física que envolvem o contexto do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal de São Carlos. Para tanto, a proposta metodológica que dá suporte a este estuda é baseada na abordagem qualitativa e envolveu uma pesquisa de levantamento seguida por uma elaboração teórica para os estágios curriculares nos cursos de graduação em Educação Física. A coleta de dados pautou-se pela realização de entrevistas semi-estruturadas junto aos Coordenadores de Curso supracitados sobre a estrutu ração , realização e concepção dos estágios curriculares, evidenciando: a) a predominância da racional idade técnica nas estruturas curriculares; b) a necessidade de parcerias com instituições que aprendem; c) a existência de tutores; d) o distanciamento entre a universidade e o mercado de trabalho; e) a importância das relações entre as estruturas curriculares e os conselhos de profissão. Tais questões permitem indicar que as atividades de estágio deixem de ser vistas como momentos de execução passando, ao longo de todo o curso de graduação, a um sistema de ação concreta através do qual os alunos-estagiários possam organizar seus sistemas de relações - com o auxílio dos profissionais da Universidade (tutores) e das instituições concedentes de estágios - para poderem analisar, propor e, quem sabe quando lá estiverem, resolver problemas concretos colocados pelo dia-a-dia da ação profissional em Educação Física, considerando os saberes produzidos/reproduzidos no cotidiano profissional. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000252284&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.