Prevalência de Anemia e Fatores Associados em Idosos: Evidências do Estudo Sabe

Por: Ligiana Pires Corona, Maria Lúcia Lebrão e Yeda Aparecida de Oliveira Duarte.

Revista de Saúde Pública - v.48 - n.5 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Analisar a prevalência de anemia e os fatores associados em idosos.Com base no Estudo SABE (Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento), foram estudados a prevalência e os fatores associados à anemia em idosos. Foram entrevistados 1.256 indivíduos na terceira coleta do Estudo SABE em São Paulo, SP, em 2010, sendo 60,4% do sexo feminino, média de idade de 70,4 anos e escolaridade média de 5,3 anos de estudo. A variável dependente foi presença de anemia (hemoglobina < 12 g/dL para mulheres e < 13 g/dL para homens). Realizou-se análise descritiva e regressão logística hierárquica. As variáveis independentes foram: a) bloco sociodemográfico: sexo, idade, escolaridade; e b) bloco de saúde: relato de doenças crônicas, presença de declínio cognitivo e de sintomas depressivos, índice de massa corporal.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102014000500723&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.