Prevalência de Excesso de Peso em Crianças e Adolescentes Brasileiros: Uma Revisão Sistemática

Por: Caroline Ferraz Simões, Fellipe Bandeira-lima, Jane Maria Remor, João Carlos Locateli, e Wendell Arthur Lopes.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.20 - n.4 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A prevalência da obesidade tem aumentado em todo o mundo em todas as faixas etárias e níveis socioeconômicos. No Brasil, ainda é incerto a prevalência de obesidade em crianças e adolescentes devido a maioria dos estudos serem de características regionais.Portanto,o propósito do presente estudo foi analisar a produção científica referente à prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes brasileiros. Realizou-se uma busca nas bases de dados MEDLINE/ PubMed, WEB of Science, LILACS, Scielo e BVS.Foram analisados 61 estudos, sendo identificado 17% de sobrepeso e 11,6% de obesidade.As prevalências de excesso de peso (26,4% vs 23,5%), sobrepeso (17% vs 16%) e obesidade (11,9% vs 9,1%) foram maiores entre os meninos comparados as meninas, respectivamente. As crianças e os adolescentes da Região Sul apresentaram maior prevalência de excesso de peso (33,2%) e sobrepeso (20,1%), e as do Sudeste maior prevalência de obesidade (18,2%). Nossa análise indicou que o Brasil apresenta um quadro de prevalência crescente de excesso de peso, similar ao de outros países.Os resultados reforçam o aumento da prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes no Brasil, especialmente pelo aumento da obesidade, que é considerada uma condição mais grave que o sobrepeso. Portanto, medidas preventivas para diminuir esta tendência de aumento do excesso de peso, bem como programas de tratamento da obesidade na infância e adolescência deve ser prioridade do Sistema único de Saúde (SUS).

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1980-00372018000400517&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.