Prevalência de Inatividade Física em Adolescentes e Sua Associação com Variáveis Socioculturais

Por: Álvaro Adolfo Duarte Alberto e Aylton José Figueira Júnior.

Pensar a Prática - v.19 - n.4 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se estimar a prevalência de inatividade física em adolescentes e analisar sua associação com variáveis socioculturais. A amostra foi constituída por 1.060 adolescentes. A inatividade física foi mensurada com o IPAQ versão curta e as informações socioculturais analisadas foram obtidas através de uma entrevista. Os resultados indicam que 69,5% dos adolescentes de ambos os sexos foram classificados como inativos fisicamente. As variáveis associadas à inatividade física foram o local de nascimento do pai, morar apenas com a mãe, não ser estimulado pelo professor e não consumir alimentos saudáveis. Conclui-se que a prevalência de inatividade física em adolescentes foi elevada e parecem sofrer influência dos fatores socioculturais.


 

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/35317

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.