Prevalência de Programas de Promoção da Saúde em Unidades Básicas de Saúde no Brasil

Por: , Deborah Carvalho Malta, Diana C. Parra, Eduardo J Simoes, Felipe Lobelo, Grace Angélica de Oliveira Gomes, Gregore Iven Mielkei, Luiz Roberto Ramos, Mário M Bracco e .

Revista de Saúde Pública - v.48 - n.5 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Estimar a prevalência de programas de promoção da saúde nas unidades básicas de saúde no Brasil.Estudo transversal descritivo realizado por meio de entrevistas telefônicas com coordenadores de unidades básicas de saúde. Do total de 42.486 unidades básicas de saúde cadastradas pelo Ministério da Saúde, 1.600 foram aleatoriamente selecionadas. As unidades foram amostradas nas cinco regiões do País de acordo com a proporção de unidades em cada região. Foi analisada a presença ou não de cinco programas de promoção da saúde: promoção de atividade física, cessação de tabagismo, cessação de uso de álcool e drogas ilícitas, alimentação saudável e ambiente saudável. Foram coletados dados sobre o tipo de ações desenvolvidas nos programas e a presença ou não da Estratégia de Saúde da Família na unidade.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102014000500837&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.