Prevalência de Sintomas Respiratórios e Tabagismo em Escolares de Santa Cruz do Sul - Rs

Por: Dannuey Machado Cardoso, Dulciane Nunes Paiva, Isabella Martins de Albuquerque, Mario Bernardo Filho, Renan Trevisan Jost, Ricardo Gass e Viviane Schmidt.

Cinergis - v.12 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Introdução: O tabagismo é um importante problema de saúde pública sendo responsável pelo desenvolvimento de diversas doenças agudas e crônicas. Objetivo: Analisar a prevalência de sintomas respiratórios e hábito tabágico em escolares de Santa Cruz do Sul - RS. Métodos: Trata-se de um estudo transversal que avaliou a prevalência de sintomas respiratórios através do Questionário de Sintomas Respiratórios (Modificado do British Medical Research Council e European Community Respiratory Health Survey) e a prevalência de tabagismo através do Questionário de Tolerância de Fagestrom. Resultados: Foram avaliados 350 adolescentes de 14 a 21 anos com idade média de 16,7 ± 5,6 anos (56,6% feminino e 43,4% masculino). A prevalência de tabagismo na amostra avaliada foi de 10,6% sem ter havido diferença entre os sexos (p = 0,880). Nos adolescentes tabagistas, a prevalência de sintomas respiratórios foi superior aos não tabagistas nas questões abordadas nos sintomas tosse (83,8%), expectoração (54,1%), chiado no peito (45,9%) (p = 0,000) e falta de ar (43,2%) (p = 0,001). Conclusão: Considerando a faixa etária estudada, evidenciou-se alta prevalência de tabagismo bem como maior ocorrência de sintomas respiratórios nos adolescentes que praticam o hábito tabágico.

Endereço: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/2483

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.