Prevalência dos Achados Cardiográficos nas Avaliações de Pré-participação de Um Clube de Futebol Profissional

Por: Fabrício Luz Cardoso, José Antonio Galbiatti e Marcos Vinícius Muriano da Silva.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.25 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Objetivos:

Analisar os resultados dos exames de pré-participação dos atletas de um clube de futebol profissional, visando confrontar os achados cardiográficos com a literatura e incentivar o desenvolvimento de novas estratégias para a prevenção da morte súbita.

Método:

Utilizamos uma amostra com 110 atletas, jogadores de futebol do sexo masculino. Etapas do estudo: 1) coleta de dados dos exames de pré-participação (anamnese cardiológica, eletrocardiograma, teste ergométrico e ecocardiograma), através de formulário, em um período de três anos (2015 a 2017); 2) tabulação dos dados utilizando os softwares Word e Excel Office 2010; 3) confrontação com a literatura.

Resultados:

Dos atletas estudados, 55,5% apresentaram bradicardia sinusal e 14,5% alteração na repolarização ventricular, 33,3% evidenciaram refluxo tricúspide mínimo e 45,7% apresentaram refluxo pulmonar fisiológico. O ecocardiograma apresentou alguns dados interessantes quando comparados à população adulta não atleta. No teste ergométrico, atingiram o estágio máximo 53,6% dos atletas e 46,4% interromperam o teste por cansaço físico. Em relação às arritmias, em 21,8% observaram-se extrassístoles ventriculares isoladas e raras e em 8,2% extrassístoles supraventriculares isoladas e raras.

Conclusões:

Os achados reforçam os dados da literatura de cardiologia do exercício e esporte, pois, representam, em sua maioria, adaptações fisiológicas do coração do atleta. Cabe ao médico do esporte o acompanhamento clínico dos atletas, visando prevenção da morte súbita. Nível de Evidência II; Estudo retrospectivo.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922019000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.