Prevalência e Fatores Associados à Ocorrência de Lesões Durante a Prática de Atividade Física

Por: , , Marcelo Cozzensa da Silva, Mario Renato Azevedo, Maurício Tavares Barbosa, e Ricardo Corrêa Pinto.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.20 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃOEmbora estudos demonstrem a importância da atividade física na prevenção e manutenção de um padrão de vida saudável, a prática pode determinar um aumento no risco da ocorrência de lesões entre aqueles praticantes de atividades desportivas. OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados à ocorrência de lesões durante a prática de atividade física no tempo de lazer na cidade de Pelotas, RS, Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional realizado na área urbana do município de Pelotas, RS, Brasil. Uma amostra levando em consideração os diversos conglomerados foi selecionada. Características sociodemográficas, econômicas, comportamentais, nutricionais e relacionadas à ocorrência de lesões durante a prática de atividade física foram coletadas por meio de questionário padronizado e pré-codificado. RESULTADOS: O percentual de lesões em sujeitos praticantes de atividade física no lazer foi de 21,9% (IC95% 18,3 - 25,9). As lesões mais prevalentes foram contusões (39,6%), luxações (30,2%) e distensões (11,3%) e a prática de futebol e musculação foram as atividades onde mais ocorreram lesões. As lesões estiveram associadas ao sexo masculino, idades mais jovens e a indivíduos de cor da pele preta e parda. CONCLUSÃO: Embora a prevalência de lesões entre praticantes seja importante, os benefícios decorrentes de um estilo de vida ativo superam os riscos.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922014000300190&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.