Prevalência e Fatores Associados Ao Excesso de Peso em Adultos do Brasil: Um Estudo de Base Populacional em Todo Território Nacional

Por: Diego Augusto Santos Silva, , Israel Souza e Vladimir Schuindt da Silva.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.34 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Avaliou-se a prevalência e fatores associados ao excesso de peso (IMC ? 25kg/m2) em adultos (81.745) do Brasil. Realizou-se regressão de Poisson, bruta e ajustada. Os resultados mostraram maiores prevalências de excesso de peso em adultos de 50 a 59 anos (RP=1,21, IC95%: 1,20;1,22), do sexo masculino (RP=1,01, IC95%: 1,01;1,02), da cor-raça negra (RP=1,01, IC95%: 1,00;1,02), nível de escolaridade médio (RP=1,02, IC95%: 1,01;1,02), renda alta (RP=1,09, IC95%: 1,08;1,10) e da Região Sul (RP=1,02, IC95%: 1,01;1,02). Os resultados apontam para a necessidade de ações estratégicas que levem em conta as prevalências de excesso de peso verificadas nos diferentes estratos da população brasileira.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1103

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.